Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Ex-prefeito é preso em operação que investiga desvio de verbas públicas

O ex-prefeito de Pacajá, Antônio Mares Pereira, conhecido como Tonico Doido, foi preso na manhã deste sábado (20) durante operação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) para cumprimento de mandado judicial de busca, apreensão e prisão. Ele é acusado de praticar diversos crimes à época em que estava à frente da gestão municipal, como desvio de bens e de recursos públicos e formação de quadrilha.
 
 
Tonico Doido foi eleito em 2012 para a prefeitura de Pacajá e deixou o cargo em dezembro de 2016. Ele já havia sido afastado do cargo pela Justiça em 2015, a pedido do MPPA, em razão de inúmeras denúncias de irregularidades no manuseio dos recursos públicos da prefeitura.
 
Equipe do MPPA responsável pela operação: combate à improbidade
 
Além de Tonico Doido, foram presos neste sábado a sua esposa, Gesilda Pereira, ex-secretária municipal, Ronaldo Santos, ex-vice-prefeito, e o ex-secretário de educação, Alex Sandro Lima, sob suspeita de práticas de crimes de improbidade administrativa. Todos foram presos em suas respectivas residências.
 
Ao entrar na residência do ex-prefeito para realizar a prisão e efetuar a busca e apreensão, a equipe do MPPA encontrou no imóvel vários documentos pertencentes à prefeitura municipal. “Eram tantos documentos que foram necessárias duas picapes para transportá-los e devolver à Secretaria de Administração”, disse o procurador Nelson Medrado.
 
Documentos apreendidos na casa do ex-prefeito foram devolvidos à Secretaria de Administração
 
As prisões foram realizadas por policiais militares do MPPA em operação coordenada pelo promotor de justiça Bruno Fernandes e pelo procurador de justiça Nelson Medrado, coordenador do Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa do MPPA.
 
Tonico Doido e os demais presos serão transferidos ainda neste final de semana para casas de detenção em Marabá e Tucuruí.

Fonte: MPE

0 comentários: