Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Conjecturando sobre o processo eleitoral de Capanema



Por Paulo Zildene

O prefeito de Capanema Eslon Aguiar – PR já deve ter percebido que seu pré-candidato ao trono de Capanema não decolou. Pra piorar a situação, Eslon escolheu para compor a vice, um empresário desconhecido da população e sem referência política. Nélio Lourenço, PR não soma e nem multiplica. Isso é fato.

Ecoa nos quatro cantos de Capanema que a prefeitura deve cair em outras mãos. Até aí tudo bem, se não fosse um pequeno detalhe, que a população e os apaixonados pela política, ainda não vislumbraram.

O fato de Nelson e Nélio não ter emplacado e o prefeito andar calado, pode ser um sinal de que há um plano B. E esse plano B pode estar contido dentro da formação das pré-candidaturas, que estão à disposição do povo.

Eslon deve andar calado porque um dos pré-candidatos que já colocaram seus nomes para avaliação eleitoral deve ser o plano B. Só resta saber qual deles.

Foto: Portal Capanema (Anderson Cavalcante)

0 comentários: