Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Violência desenfreada preocupa vereadores de Cachoeira

Pela segunda sessão consecutiva, os vereadores de Cachoeira do Piriá reclamaram a falta de segurança no município e a ausência do estado.

Entenda o caso - O tema veio a plenário após a invasão de menores de idade a igreja Assembleia de Deus há duas semanas. A Assembleia realizava um grande congresso, com a presença de mais de 500 jovens. No final do culto, quatro elementos implantaram o terror dentro do templo. Um jovem portando uma faca ameaçou outro adolescente. Foi preciso a intervenção dos fiéis para conter a violência, caso contrário o pior teria acontecido. Não havia policiamento nas mediações.

Nesta segunda-feira, 24, vários parlamentares criticaram o descaso das polícias civil e militar. Alguns vereadores solicitaram audiência pública com a cúpula das policias no estado. Lembrando que já foi realizada audiência semelhante para resolver a “sensação” de insegurança do município, mas até agora nada mudou, segundo relato de alguns parlamentares.

Para o vereador Ezequiel Gomes, PSC, “Deixo aqui o meu repúdio e a minha indignação, a ação da policia, quando não tomou providências cabíveis e eficientes”, disse o edil.

O parlamentar Toinho do José, PT, reforçou as palavras dos demais edis e disse que “Cachoeira está ficando um caso sério. Poucas pessoas implantando o terror na cidade. Está na hora da gente tomar uma medida mais severa”, finalizou Toinho.

0 comentários: