Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Datafolha mostra acirramento entre Aécio e Marina pelo segundo lugar

Pesquisa Datafolha finalizada nesta terça (30) mostra tendência de acirramento da disputa pelo segundo lugar na corrida presidencial.

Enquanto a presidente Dilma Rousseff (PT) lidera isolada com 40%, sem alteração em relação ao levantamento anterior, as intenções de voto em Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) estão cada vez mais parecidas. A pessebista agora tem 25%, o tucano alcança 20%.

Somados, os outros candidatos têm 3%. Luciana Genro (PSOL) aparece com 1%, mesmo número do Pastor Everaldo (PSC), enquanto os demais, juntos, possuem 1% — Eduardo Jorge (PV), Zé Maria (PSTU), Rui Costa Pimenta(PCO), Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB). Brancos são 5%, enquanto nulos, 5%.

Na série do instituto, trata-se do quarto levantamento seguido com queda ou oscilação negativa de Marina. E também o quarto com variação positiva de Aécio.
No início de setembro, a vantagem da ex-ministra do Meio Ambiente sobre o senador mineiro era de 20 pontos (34% a 14%). Agora, a dianteira foi reduzida para 5 pontos. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

Em votos válidos (conta que não considera brancos e nulos), o placar do primeiro turno é Dilma com 45%, Marina com 28%, Aécio com 22%.

Outra novidade do levantamento é que Dilma ampliou sua vantagem sobre Marina na simulação de segundo turno. Se a etapa final entre as duas candidatas fosse hoje, o resultado seria 49% a 41% a favor da petista. Na semana passada, a situação ainda era de empate técnico (47% a 43%).

Contra Aécio, Dilma vence o embate final por 50% a 41%.

Datafolha ouviu 7.520 eleitores na segunda e nesta terça. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95% (em 100 levantamentos com a mesma metodologia, os resultados estarão dentro da margem de erro em 95 ocasiões). O registro da pesquisa no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-00905/2014.
Editoria de Arte/Folhapress

0 comentários: