Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Dirceu diz que STF derrubou diploma para jornalistas por pressão da mídia

O ex-ministro José Dirceu disse ontem, em seu blog, que o Supremo Tribunal Federal aboliu a obrigatoriedade de diploma para exercício do jornalismo "depois de intensa pressão desencadeada no país por entidades patronais e barões da mídia que sempre tentaram derrubá-la".

Em campanha pelo controle dos meios de comunicação no país, Dirceu defendeu a exigência do diploma para jornalistas e a regulação da média ao falar sobre o 35º Congresso Nacional de Jornalistas, que acontece no Acre.

Segundo ele, o congresso "realiza-se num momento crucial em que o país retoma a discussão da regulação da mídia, um debate que deverá se intensificar" em 2013.

No texto, ele afirma que a exigência de diploma "foi uma conquista que durou 40 anos --de 1969 a 2009-- quando foi extinta pelo Supremo Tribunal Federal".

A colegas do PT Dirceu, condenado pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha, acusou os ministros do STF de sucumbir a pressão da imprensa no julgamento do mensalo. Para ele, os jornais influenciaram nas condenações.

Em outro texto, o ex-ministro afirma que "a grande e velha mídia" dá "irrestrita e integral solidariedade" as elétricas nas negociações com o governo federal. "Conservadora, esta 'vende' as negociações desencadeadas pelo governo como intervenção do Estado na economia", afirmou o ex-ministro.

Fonte: Folha de São Paulo

1 comentários:

Anônimo disse...

Ao TRE, MP, MPF, PF, Governador, Presidenta, CNMP, CNJ e ao PAPA.

Cadê a transparência nas Urnas Eletrônicas, estão com medo de abrirem a "caixa preta", pois há muitas denuncias pelo Pará a fora, em Belém consta até Representação no Juizado, MPF e PF, por conta de dois Funcionários, Programadores do TRE (5º andar) que "manipularam" os Resultados.
Já em São João de Pirabas, o Pilantra do Prefeito, Cláudio Barroso/PMDB, foi Reeleito através de um Esquema Criminoso de Transferência de Títulos com anuência de um Funcionário do Cartório Eleitoral de Primavera/PA, as Provas já estão nas mãos da Justiça desde o final da Eleição, agora falta só o obvio, anular os votos dos Candidatos Eleitos, pasmem Nove Vereadores do lado do Pilantra e este se Cassado e Preso, devolvendo todo o Dinheiro Público que desviou durante sua Administração, estamos de OLHO em tudo.
O anonimato neste momento é obvio.