Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Índice que mede inflação para famílias de até 2,5 salários mínimos registra alta de 0,68% em setembro

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que mede a inflação para famílias com renda de até 2,5 salários mínimos, registrou taxa de 0,68% em setembro deste ano. Nos últimos 12 meses, a inflação acumulada é de 6,69%. As taxas são maiores do que as registradas pelo Índice de Preços ao Consumidor geral (IPC-BR), que variou 0,54% em setembro e 5,73% nos últimos 12 meses.

A taxa do IPC-C1 em setembro também foi maior do que a observada em agosto (0,5%). Entre os grupos que puxaram a alta de setembro está o de alimentação, cujo índice passou de 1,15% em agosto para 1,59% em setembro. Entre os alimentos, houve grande influência do arroz e feijão, que registraram queda de 0,87% em agosto e passaram a ter uma alta de preços de 3,94% em setembro.

Quatro classes de despesas também registraram aumento na taxa: vestuário (de -0,37% para 0,63%), comunicação (de 0,17% para 0,41%), despesas diversas (de 0,15% para 0,22%) e transportes (de 0,02% para 0,04%).

Tiveram queda na taxa as despesas de educação, leitura e recreação (que passou de 0,47% para -0,05%), saúde e cuidados pessoais (de 0,38% para 0,33%) e habitação (de 0,39% para 0,37%).

0 comentários: