Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Procuradoria investiga mineração de ouro na região de Belo Monte (PA)

O Ministério Público Federal abriu investigação sobre a implantação de um projeto de mineração de ouro em área próxima à futura hidrelétrica de Belo Monte, na região de Altamira (a 900 km de Belém).

O projeto foi apresentado na semana passada pela empresa canadense Belo Sun Mineração, em audiência pública na cidade de Senador José Porfírio (a 906 km de Belém), que concentrará a maior parte do empreendimento.

A instalação do projeto já provoca polêmica porque vai funcionar na Volta Grande do rio Xingu, região onde vivem índios arara e juruna, que têm promovido protestos contra Belo Monte. O empreendimento ficará a 20 km de distância da hidrelétrica.

A empresa prevê investir R$ 760 milhões no projeto, e a previsão é começar a implantação em 2014 e a extração do ouro, em 2016. Em 12 anos a reserva deve estar esgotada.

A produção de ouro estimada é de 4.684 kg por ano. A empresa afirma que é o maior projeto de mineração de ouro do Brasil. A Belo Sun diz que, depois dos 12 anos, o local poderá ser reaproveitado para atividades de turismo.

O Ministério Público Federal afirma que o relatório de impacto ambiental do projeto não menciona os impactos cumulativos, provocados em conjunto pelo projeto de mineração e pela hidrelétrica de Belo Monte, nem cita eventuais impactos aos índios.

O órgão está levantando informações sobre o empreendimento. Os procuradores querem que sejam feitas mais audiências públicas.

A empresa afirma que os impactos possíveis estão listados no relatório.

Há uma expansão econômica na região por causa das obras de Belo Monte, que deve ficar pronta em 2019 e será a terceira maior hidrelétrica do mundo. A hidrelétrica irá usar o rio Xingu para gerar energia e também vai afetar a Volta Grande do rio, área que é uma espécie de curva existente no rio. Nesse local, a vazão do rio será reduzida.

Fonte: Folha de São Paulo

0 comentários: