Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Brasileiros acusados de assassinato são queimados vivos na Bolívia

Fonte: France Press

Uma multidão enfurecida queimou vivos dois brasileiros em San Matías, cidade boliviana na fronteira com Mato Grosso, acusados de ter assassinado três bolivianos com rajadas de metralhadoras em um suposto caso de narcotráfico.

Os cidadãos brasileiros Rafael Max Dias e Jefferson Castro Lima foram tirados à força por cerca de 300 moradores da vila de um posto policial onde estava detidos e foram encharcados com gasolina e queimados vivos.

Segundo o policial Grover Ramos, eles foram arrastados a cinco metros da porta do posto policial. Eles haviam sido presos na tarde de terça-feira. Os habitantes também incendiaram um veículo que pertencia a um morador suspeito de furto de gado.

"Era impossível controlar o povo", disse Ramos, membro da Força Especial de Luta contra o Narcotráfico. "Somos apenas sete policiais".

Os cidadãos brasileiros eram acusados de matar a tiros Paulino Parabá Ramos, 33 anos, Banderley Costas Parabá, 27, e Edgar Suárez Rojas, 26, além de ferir mais duas pessoas.

0 comentários: