Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Carta de repúdio sobre corrupção

Estou vereador no Município de São João de Pirabas e não poderia deixar de comentar sobre vários Comentários a respeito de tudo que já se falou sobre Corrupção, Corporativismo, Favorecimento, Políticos, Promotores, Desembargadores Juízes e outros. Oportuno, pelo que estamos aqui vivendo em nossa Cidade. Fui um dos autores da denuncia ao Ministério Público, TCM, CGU, MPF e PF e da denuncia hoje me vejo em uma situação incomoda, pois já fui Intimidado, Ameaçado e até mesmo Ridicularizado e Constrangido na Câmara que hoje esta Omissa e Inerte e não vejo resultado até o momento. E esta falta de posicionamento dos Órgãos supracitados tem feito com que o problema venha se avolumando, como, aliás, ocorre em todo o País, pois a Corrupção em 2009, entre os países da América Latina, o Brasil aparecia abaixo em Volume de Corrupção do Chile, Uruguai, República Dominicana, Costa Rica e Cuba. Em todo o mundo, Países como Itália, Coréia do Sul, Turquia, África do Sul, Geórgia e Gana tiveram índices melhores do que o Brasil.
            
Concordo que a justiça é lenta e aqueles Políticos e Pessoas que podem pagar bons advogados dificilmente passam muito tempo na cadeia ou mesmo são punidos. O fato de os políticos gozarem de direitos como o foro privilegiado e serem julgados de maneira diferente da do cidadão comum, também contribui para a impunidade. Um estudo divulgado pela ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS BRASILEIROS (AMB), foi revelado que entre 1988 e 2007 (18 anos), nenhum agente político foi condenado pelo STF. Durante este período, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) condenou apenas cinco autoridades. Robert Klitgaard, um estudioso do tema, afirma que a corrupção é um crime de cálculo e não de paixão. Ou seja, o comportamento corrupto deriva menos da carência de princípios morais ou éticos, do que das condições materiais que permite que ele ocorra. De acordo com essa teoria, a corrupção envolve principalmente três variáveis: a oportunidade para ocorrer o ato ilegal, a chance de a ação corrupta ser descoberta e a probabilidade do autor ser punido.

A inevitável conclusão é que a corrupção no Brasil continua a ser um crime sem castigo. E enquanto as instituições não forem capazes de punir os culpados, continuaremos a assistir às quadrilhas assaltarem os cofres públicos, como esta acontecendo em Pirabas, pela absoluta omissão da Câmara, do MP, do TCM, do CGU e do Judiciário. E o povo como fica, vendo os poucos recursos do Município ser desviados em proveito de meia dúzia de pessoas. O genial Sergio Porto (Stanislaw Ponte Preta) já dizia: Ou restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos! Não é isso que queremos em Pirabas, queremos que a Moralidade seja Restaurada Sim e que o Povo tenha no mínimo um pouco mais de dignidade e que cheguemos à perfeição ou próximo da mesma, pois a quem recorrer se as Instituições na Figura de seus Membros alguns estão mancomunadas com pessoas más intencionadas, e não adianta vir colocar uma nota desmentindo que eu através de Notas de Jornais e Panfletos, tenho como provar, assina um Cidadão por dever e na obrigação de Vereador Indignado que não aceita a Corrupção e muito menos compactua com quem dela se aproveita e se beneficia.
             
Vamos Instigar os Órgãos Competentes de nosso Estado e da União para que tomem Providências Urgentes, antes que o Valor de Desvio do Erário Público tende a aumentar, tanto no âmbito Municipal, quanto no Estadual e Federal.
             
Agradeço a atenção dispensada e me coloco a inteira disposição para encaminhamento de Documentos.


EDINLADO OLIVEIRA REIS
VEREADOR PMN
SÃO JOÃO DE PIRABAS-PARÁ

0 comentários: