Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Primeiro governo do PT no Pará é tema de livro.

Parlamentares, cientistas políticos,  representantes de movimentos sociais, funcionários públicos, imprensa. Esse foi o público presente à Galeria dos ex Presidentes da Assembléia Legislativa do Pará  ( Alepa) para o lançamento do livro do deputado Airton Faleiro, que aconteceu na manhã desta quarta feira (16).O livro intitulado “Governo Popular  Visto Por Dentro. Um Diálogo Com a Sociedade” , em seu primeiro capítulo, narra os  antecedentes políticos e partidários de Ana Júlia (PT) ao governo do estado e  passeia  pela história política brasileira, tratando temas como : repressão,  o surgimento do ex -presidente  Lula como liderança sindical e política, movimentos sociais, Nova República.

O livro já começa com 47 páginas escritas, mas traz uma inovação na metodologia, pode ser escrito com a participação de qualquer pessoa que deseje contribuir, sugerir e até discordar da proposta inicial. “A idéia não é fazer do livro uma colcha de retalhos, mas, aceitar sugestões de quem queira contribuir com o debate”, lembrou  Faleiro .

A iniciativa de escrever um livro, lembrou Faleiro, é um desafio, especialmente pelo  seu nível de escolaridade,  o filho de agricultores familiares, teve como única professora sua mãe,  dona Ana Faleiro foi quem lhe ensinou até a antiga 4ª série primária.  “ Mas depois que um operário  como o Lula chegou a presidência da República, me encorajei ainda mais”.

Faleiro que está em seu terceiro mandato  de deputado estadual, vem de uma trajetória sindical de 25 anos, militante do Partido dos Trabalhadores ( PT), o deputado aborda em seu livro primordialmente a polarização partidária entre PT e PSDB tendo como o PMDB como um terceiro e importante participante dessa história. “Apesar de toda minha paixão pelo meu partido, me sinto independente para escrever, porque vivi o governo por dentro”, ressaltou.  Os anais servirão de contribuição para o próprio PT, mas também trarão ao conhecimento público, o que não é publico.

O cientista social, Roberto Correa, analisa o livro escrito por alguém que está próximo do objeto, que não escapa da paixão por esse objeto, mas se identifica com a grande maioria da população,  “viajantes da história, na luta por justiça social”.  Disse o professor da Universidade Federal do Pará.

A cerimônia ainda teve um momento  emocionante, foi dedicada ao casal de extrativistas, José Claudio e Maria do Espírito Santo, assassinados  no último dia 24 Nova Ipixuna  ( Sudeste do Pará).  Ainda abalada com o crime do irmão e da cunhada,  Claudia Ribeiro dos Santos, disse que,  “apesar de todas as ameaças, não acreditávamos que  eles fossem vítimas de tamanha crueldade”, desabafou.

A expectativa é  que o livro esteja pronto até o final do ano que vem e deve ter entorno de 200 páginas. E já adiantado pelo deputado, o próximo capítulo vai tratar: Dos embates  de conteúdo programático e político durante a campanha eleitoral de 2006, os aspectos emocionais da campanha, o Dia D. A vitória de Ana Júlia, gráfico de partidos extintos em 1965

O livro pode ser acessado no WWW.airtonfaleiro.blogspot.com

0 comentários: