Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Autoridades da Igreja e atores famosos engrossam frente contra o tráfico de pessoas

A sala Marajó do Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia ficou totalmente tomada por pessoas e autoridades ligadas ao movimento de combate ao tráfico de pessoas no Brasil e na Amazônia, na manhã desta sexta-feira, 24, durante a cerimônia de abertura do evento. Dom Guilherme Antônio Werlang, Dom Flávio Giovenale, Dom José Luz Azcona (Bispo da Prelazia do Marajó), Padre Ricardo Rezende, o ator Eduardo Tornaghi e a atriz Dira Paes estiveram presentes e destacaram a importância da denúncia para acabar com esta problemática. “A internet tem sido uma ferramenta importante para promoção e divulgação dos casos de tráfico de pessoas, principalmente em um Estado tão grande como o nosso. O disk denúncia também tem ajudado nesta luta. Basta! Tolerância zero para esses crimes que matam uma criança para retirar o fígado”, frisou a atriz Dira Paes.

No evento, foi colocada a sugestão para que o tema da Campanha da Fraternidade de 2013 seja o combate ao tráfico de pessoas. O coordenador estadual do enfrentamento do tráfico de pessoas e trabalho escravo, Murilo Sales, da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Pará (Sejudh/Pa), informou que o governo estadual, além de implantar um posto de atendimento no aeroporto de Belém, incluiu no Plano Plurianual 2012-2015 (PPA) um projeto que contemple recursos financeiros para atender esta demanda.

O coordenador nacional de enfretamento de tráfico de pessoas da Secretaria de Justiça, Ricardo Lins, destacou que o seminário é um marco no Estado do Pará. “A gente tem que dar visibilidade, mostrar o problema, chamar atenção da sociedade para ser parceira e cobrar mais que se acabe com esta prática terrível”, sintetizou Lins. Denúncia sobre qualquer caso de tráfico de pessoa, pode ser feita pelo disk 100 e na Sejudh/Pa no telefone (91) 4009-2732.

0 comentários: