Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

A pedido de Jordy, Câmara acompanhará caso de freira ameaçada de morte no PA

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara aprovou hoje (23) a formação de um grupo, composto por deputados federais, para acompanhar o caso da irmã Henriqueta Cavalcante, coordenadora da Comissão de Justiça e Paz, da Confederação Nacional dos  Bispos do Pará (CNBB/Norte). Ela vem sendo ameaçada de morte por conta de sua atuação contra a exploração sexual de menores no Estado.

Irmã Henriqueta e outros membros das pastorais da CNBB travam uma luta em favor da justiça e do fim da pedofilia no estado, com a realização de passeatas, campanhas e outros atos. As ameaças contra estes ativistas gerou, inclusive, um pedido de proteção, já autorizado pelas autoridades mas que ainda não foi cumprido por causa da falta de policiais.

De acordo com o requerimento apresentado por Jordy, o colegiado irá atuar em conjunto com a CNBB a fim de tomar conhecimento desta situação.“É um caso alarmante que exige da Câmara um acompanhamento mais de perto”, disse o deputado.
 
Outro requerimento
A comissão de Direitos Humanos aprovou um outro pedido, também de autoria de Jordy, que autoriza a ida de representantes do colegiado para colher denúncias e acompanhar casos de pedofilia no Pará. O parlamentar justifica que o Congresso Nacional precisa investigar o problema. A CPI, conduzida pelo parlamentar do PPS na época em que era deputado estadual, identificou mais de 100 mil casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes no Pará.  A ideia do deputado Jordy é marcar as duas audiências numa única data, que deve ser divulgada em breve.

Fonte: Assessoria parlamentar

0 comentários: