Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Prisão de Fabrício ganha "destaque" na imprensa

Quem diria que Fabrício de Araújo Silva [vulgo coruja] seria “destaque” nas páginas policiais dos principais jornais de Belém e região. Para quem foi um dia dono do colégio “Destak” encerrar sua carreira de algemas de prata entregue pelo papai Noel antes do dia 25, realmente merece “destaque”, aqui no Blog.

Ontem, o signatário publicou, no Twitter, a prisão de Fabrício, em Capanema, que ocorreu na segunda-feira. Sabendo da repercussão, imediatamente procuramos fontes da polícia civil para detalhar sobre a prisão que repercutiu no município, mesmo sendo esperada por boa parte dos comerciantes.

Antes da delegacia de Repressão a Roubo a Banco [DRRB] cumprir o mandato de prisão contra Fabrício, havia mais figuras ilustres para serem trancafiadas pelos policiais civis.

Segundo informações “Há funcionário de banco envolvidos e empresários que revendiam os produtos comprados pela quadrilha, em Capanema e região”, disse fontes do blog.

Outro ponto levantado pela nossa fonte é que “Fabrício foi pego por insistir em aplicar golpes em Capanema. Como ele conhecia os comerciantes ficava mais fácil revender os produtos. Há pessoas conhecidas em Capanema que estão envolvidas no esquema articulado por Fabrício”, revelou.

A quadrilha está sendo acusada de falsificar documentos como, Cadastro de Pessoa Física (CPF), carteiras de identidade, comprovantes de residências e outros papéis para obter crédito em lojas e financiamentos nas redes bancárias que trabalham especificamente com empréstimos consignados.

Fonte: Jornalismo Político
Autor: Jornalismo Político


0 comentários: