Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Pedro Abraão tem 10 dias para se defender

O presidente da câmara de vereadores de Capanema, Pedro Abraão – PP  [foto] foi notificado, ontem [09], pela juíza Suaydem Fernandes Silva Sampaio para se defender, em 10 dias, de um processo, que tramita na justiça, referente à eleição para presidente da casa de leis para o biênio 2011-2012.

Após o episódio fatídico onde vereadores se agrediram verbalmente e fisicamente [veja aqui, aqui, aqui, aqui e aqui] no último dia 15/11 [dia do aniversário de 100 anos de Capanema], o assunto passou a ser tratado na justiça para julgar qual dos dois [Oscar Ishii – PRTB ou Irmão Marco Antonio – PR] será o presidente da casa.

Segundo o vereador de oposição Chico Adalgiso – PT “O nosso advogado entrou com petição, na última quinta-feira [02], para nos defender e o Pedro Abraão foi notificado pela juíza Suaydem ontem [09] para prestar esclarecimentos sobre o imbróglio que ocorreu na câmara”, disse o edil que compõe a Chapa Força e União.

Entenda o caso

No 1º escrutínio de votação [5x5] realizado no último dia 15/11 que terminou em pancadaria, Pedro Abraão baseado no regimento interno e na lei orgânica do município marcou o 2º escrutino para o dia 22/11.

O presidente da casa sustentado no art. 37 da Lei Orgânica “Seção X do Presidente da Câmara Municipal diz que o presidente da câmara, ou quem o substituir, somente manifestará o seu voto nas seguintes hipóteses: I eleição da Mesa diretora” e no art. 42 do Regimento Interno, que segue a mesma linha de decisão de Pedro Abraão.

Sustentado nestes artigos, o presidente do parlamento mirim declarou pelo voto de minerva a Chapa União pelo Centenária vencedora, com Oscar Ishii na presidência.

O prefeito

Em diversos momentos da entrevista concedida, ao Blog, com exclusividade [veja aqui, aqui, aqui e aqui], o prefeito Eslon Aguiar disse que “independe do parlamento para trabalhar, contanto que os vereadores não prejudiquem o povo ao votar assuntos de interesse da população”.

Verdade ou não, Eslon comprou uma briga grande e pelo que tudo indica saiu perdedor [mesmo que a justiça de ganho de causa a Chapa Centenária], pois não conseguiu trazer para o lado do executivo os vereadores Irmão Marco e Antonio Carlos [Carioca].

Segundo um parlamentar da base aliada do prefeito “se a justiça na primeira instância decidir pela vitória da Chapa Força e União, serei contra recorrer da decisão”, disse o parlamentar que preferiu que seu nome não fosse exposto.

 
Fonte: Jornalismo Político
Autor: Jornalismo Político
Foto: Paulo Zildene

6 comentários:

Anônimo disse...

Pedro Abraão, teu reinado está por um fio.

Anônimo disse...

O Pedro é o escravo particular do prefeito Eslon. Se ele não obedecer vai pro tronco na hora.

Felipe

Anônimo disse...

Pede pra sair, Pedro!

Anônimo disse...

Não vejo a hora que termine o mandato desse cara aí.

Anônimo disse...

Toma vergonha e não se candidate mais, Pedro.

Voce já era como vereador. Ja era.

Anônimo disse...

uauauauaua, esse aí é projeto de vereador.