Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

CAPANEMA: Vereadores aprovam orçamento para o exercício 2011


Os vereadores que compõem o Poder Legislativo do Município de Capanema estiveram reunidos está manhã em Sessão extraordinária para a apreciação do projeto de Lei de autoria do Executivo, cujas peças constam o orçamento financeiro do Município para o ano de 2011. Na Sessão passada, em primeira instância, 6 vereadores haviam aprovado, ficando a segunda chamada para hoje. Desta vez, todos os 10 parlamentares compareceram a sessão e foram discutidos alguns pontos relacionados à formulação do texto que já havia sido analisado pela Comissão de Finanças, tramitando na forma regimental.

Foram vários os pontos que centralizaram as discussões e o presidente Pedro Abraão (PP) tratou logo de colocar em votação. O resultado final foi o seguinte.

Votaram a favor do projeto os vereadores:

Rubens Anselmo (PR), Valmicélia Moraes (PMN), Pedro Abraão (PP), Eliane Leal (PRTB), Irmão Marco (PR), Antônio Carlos Carioca (PMN) e Oscar Ishii (PRTB). Votaram contra: Edson Maciel (PV) e Chico Adalgisio (PT), sendo que Antônio Maria (PT) se absteve de votar. Com isso, o projeto foi aprovado por 7 a 2 e o Executivo terá R$ 63 milhões disponíveis no orçamento financeiro do ano que vem, para suprimento dos gastos com o município em todos os setores administrativos. Nesta sexta-feira os vereadores voltam ao Plenário para a Sessão Ordinária e como já aprovaram o orçamento, regimentalmente estão aptos a entrar no período de recesso parlamentar que começa dia 15 de dezembro de 2010 e vai até o dia 15 de fevereiro de 2011.

PENDÊNCIA
- Está encerrando o primeiro período da 16ª legislatura que tem a presidência do vereador Pedro Abraão, pois a partir do ano que vem quem assumira a Mesa Diretora será o Vereador Oscar Ishii, na qualidade de presidente, se não houver mudança, porque o resultado da eleição vai ser decidido na Justiça. Até a presente data há uma pendência da atual presidência por não ter realizado a Sessão Solene de entrega de títulos honoríficos a personalidades, proposições aprovadas ainda no primeiro semestre deste ano. Como ainda faltam duas sessões ordinárias para o encerramento do período, pode ser que os agraciados recebam suas comendas.

0 comentários: