Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Tropas militares mantêm ocupação no Complexo do Alemão

As tropas do Batalhão de Operações Especiais (Bope), com auxílio dos blindados do Exército e da Marinha e apoio de 800 militares das Forças Armadas, continuam avançando para a ocupação do Complexo do Alemão, que abrange oito favelas em cinco bairros do Rio: Ramos, Bonsucesso, Olaria, Penha e Inhaúma. Nessas comunidades moram mais de 420 mil pessoas.

Hoje cedo houve troca de tiros no Complexo do Alemão, em Ramos, o local de maior resistência dos traficantes até o momento. Não há informações sobre feridos ou mortos.

Os tanques do Exército já estão patrulhando os principais acessos no alto do morro. Todos os acessos às favelas estão cercados pelas tropas militares.

No Complexo da Fazendinha, dois homens foram baleados nas pernas agora pela manhã por não obedecerem a ordem de parar dada pelos militares. Os dois foram levados para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, onde foi montada uma estrutura para atender os feridos no confronto.

Um dos feridos já foi denunciado em setembro pelo Ministério Público estadual por ter participado em outubro do ano passado da invasão do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na zona norte, por traficantes do Complexo do Alemão, que resultou na queda de um helicóptero da Polícia Militar com a morte de três ocupantes da aeronave.

Policiais do Bope apreenderam US$ 30 mil no Complexo do Alemão dentro de uma mochila carregada por uma criança.


Fonte: AGBR
Autor: AGBR

0 comentários: