Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Panamericano não usará recurso público, diz Meirelles

O presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, afirmou hoje que a solução encontrada para o Banco Panamericano foi positiva, porque não houve o uso de 'nenhum centavo do dinheiro público'. A afirmação foi feita em rápida entrevista coletiva concedida por Meirelles após reunião com o presidente do Senado, senador José Sarney (PMDB/AP).

O presidente do BC observou que a saída para o problema do Panamericano foi dada pelo sócio controlador e pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC). 'Foi preservado o patrimônio dos acionistas, da Caixa Econômica Federal e dos depositantes', afirmou. 'Foi uma solução que reconstituiu a saúde financeira da instituição', disse Meirelles, ao comentar que o FGC cumpriu sua missão de preservar os depósitos e o bom funcionamento do sistema financeiro.

Meirelles disse ainda que a autoridade monetária agiu 'a tempo e a hora' no caso do Banco Panamericano. Segundo ele, o BC detectou o problema a tempo de que fosse solucionado por meio de aporte de recursos do controlador - no caso o Grupo Silvio Santos -, sem causar prejuízos aos depositantes ou aos cofres públicos e evitando o risco sistêmico.

O presidente do BC destacou que a solução encontrada foi 'privada'. Indagado se o banco teria de devolver, no longo prazo, os recursos aportados pelo controlador, Meirelles respondeu que não, que foi um aporte de capital para cobrir os prejuízos e que somente o Grupo Silvio Santos terá que pagar a dívida com o Fundo Garantidor de Crédito (FGV). Henrique Meirelles participa hoje de audiência pública conjunta de várias comissões da Câmara e do Senado.

0 comentários: