Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

A extinção da promotoria dos direitos humanos repercute

Em entrevista ao Jornal O Liberal, Cibele Kuss fala sobre o fechamento da promotoria dos direitos humanos.


1) Qual a avaliação da Ouvidoria do Sistema de Segurança Pública sobre essa medida?

É uma medida autoritária, sem consulta à sociedade sobre um servico que vinha sendo acessado por ele há muito tempo, dando contas de várias violacoes, desde as provocadas por agentes do sistema de seguranca pública quanto também violências relacionadas à intolerancia religiosa, por exemplo. Fomos todos e todas pegas de surpresas, pois nao houve debate, consulta ou discussao por parte do MP às entidades de direitos humanos.


2) De que forma o trabalho da Promotoria de Direitos Humanos da Capital era importante para Ouvidoria?

Todos os casos de letalidade, tortura policial sao coordenados em direta cooperacao com a Promotoria de Direitos Humanos.


3) Quem vai ouvir, encaminhar e assistir as vítimas de tortura e letalidade policial?

No MP, com a extincao desta Promotoria, a comunidade terá muito dificuldade sobre quem procurar e onde ir no MP. A PDH funciona como uma porta de entrada da sociedade, por ter esta especificidade, tratar de violacoes de direitos humanos, as mais variadas. É uma pergunta crucial para toda a sociedade.


4) Por que este é um ato impensável e agressivo contra o movimento de direitos humanos e especialmente contra todo os usuários e usuárias assistidos por este serviço?

Porque simplesmente hoje fomos acordados com esta notícia! Nenhuma consulta, audiência ou qualquer outro tipo de participação da sociedade quanto a este servico. A PDH foi extinta e agora?

Por que terminar um serviço tao ativo, transparente e comprometido com a reducao da violência, através das acoes de atendimento e assessoria jurídica às vítimas de violência?  Por que deixar as pessoas atordoadas sem agora saber de forma clara onde buscar ajuda? Deixem os promotores comprometidos e atuantes continuarem seu ótimo trabalho!

0 comentários: