Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Eslon começa a naufragar em terra firme

Por Paulo Zildene

Eslon Aguiar – PR, prefeito de Capanema fez uma das mais brilhantes campanhas eleitorais nos últimos tempos. Após amargar uma derrota nas urnas, o mesmo se recolheu. Saiu da clausura para convencer o eleitorado da cidade a votar no que, segundo ele, era melhor para a cidade. Mas, o povo já sabia o que queria. Disputava com ele o ex-prefeito e ex-deputado, Chico Neto, até então pelo PPS. A população estava cansada de políticos viciados.

Pois bem. Eslon esmagou seu adversário quando as urnas foram abertas em 2008. Pelo dobro de votos, o povo de Capanema finalmente elege um “Martins” para comandar o barco da administração pública de seu município. Só que esse barco começou a afundar. E o que é pior. Dentro desse barco que comandou a vitória esmagadora, alguns correligionários já começaram a pular com salva-vidas.

Com o advento da corrida eleitoral, líderes políticos mais apaixonados pela atual administração começaram a optar por outros candidatos a estadual e federal, já que o prefeito demorou a decidir em quem apoiar no município. O Blog já havia noticiado em diversos momentos que Zé Neto – PP não iria mais renovar a carteira de trabalho no parlamento estadual. Muito se especulou, de que José Neto ainda tentaria a sexta reeleição. Mas não, o parlamentar preferiu dedicar-se mais as suas empresas que a vida pública. Sem três candidatos de peso, sendo dois deles da região nordeste do estado do Pará, o espaço ficou vazio em Capanema para outros candidatos. Bom para os candidatos da terra. Saiu Adamor Ayres – PR, Zé Neto – PP e Luiz Cunha.

Zé Neto optou por apoiar “menos em Capanema” um candidato da região. Adamor Ayres preferiu apoiar Junior Hage [do mesmo partido] e Márcio Miranda, segundo informações de bastidores. Já Luiz Cunha não se sabe quem vai apoiar. Mas, em Capanema criou-se uma celeuma. O prefeito esta fazendo pressão em lideranças para que os mesmos não façam alianças com candidatos da cidade. Alguns correligionários já fecharam acordos com diversos partidos.

Segundo cinco lideres políticos da base do prefeito disseram, que já receberam até apoio financeiro para fazer campanha pelo município.

“Como toda liderança, eu já recebi meu pagamento para trabalhar para candidato a estadual e federal”, ressaltou um dos lideres comunitários que não quis se identificar.

A cartilha dos políticos reza que acordos de bastidores nunca são revelados, mesmo na imprensa. Muitos desses líderes prometem abandonar o barco se o prefeito forçar a barra para que eles votem ou apóiem candidatos indicados por ele. No total dos insatisfeitos já somam mais de 6 mil votos conquistados na última eleição para prefeito. E os mesmos prometem pular fora do barco se sentirem pressionados pelo prefeito.

Mas, a conta não pára por aí. Além da perda irreparável na estrutura política do prefeito, candidatos de diversos calibres já anunciaram que vão bancar essas lideranças até o final do mandato do prefeito. Isso para não haver perda para as lideranças do prefeito. Pior ficará a situação das bases aliadas espalhadas pelos quatro cantos de Capanema.

Ao bater o martelo para apoiar seu candidato, o prefeito terá outra grande surpresa. Há um acordo para que a base aliada que elegeu Eslon deixe o PR imediatamente.

Lúcio Vale perderá espaço

Não é somente na estrutura política que ficará frágil a base de Eslon. Correligionários do partido prometem deixar a campanha de Lúcio Vale – PR [candidato a federal] se o prefeito fizer pressão por apoio. Na periferia e em boa parte da zona rural um forte grupo promete esvaziar as urnas para Lúcio Vale. Além disso, o grupo promete fazer campanha contra o filho de Anivaldo Vale, amigo pessoal de Eslon Aguiar.

Agora adivinhem quem esta de olho nesta turma que somam mais de 6 mil votos?

Isso mesmo. Walry Moraes – PMN. A base de sustentação política de Eslon promete migrar apoio e votos para um dos inimigos políticos do prefeito.

Segundo um funcionário da cozinha do prefeito “Eslon esta sendo mal orientado. Essas pessoas estão puxando ódio para eles mesmo. Eu imaginava que seria ao contrário. Havia imaginado que esse ódio seria para os candidatos que fecharam acordos, mas ao invés disso estão odiando gratuitamente Eslon e sem interferência de ninguém”, revelou indignado.

Pelo contexto geral, será que Anivaldo Vale – PR, presidente do partido, candidato a vice-governador e Lúcio Vale – PR, candidato a reeleição a câmara federal sabem dessas articulações que podem prejudicá-los?

Pouco provável que saibam o que transita pelos bastidores de Capanema.

Cegueira

Cego pelo ódio e pela vaidade que o cerca, Eslon atualmente não tem adversário político para o próximo pleito. Na realidade não há um nome forte para enfrentá-lo. Apesar de que, com a sua péssima administração, já está fazendo campanha gratuitamente para seus futuros oponentes na próxima corrida eleitoral.

Pelas contas há um nome forte que ameaçaria em 2012. Eduardo Costa – PTB, na pior das hipóteses se perder a eleição tem grandes chances de fazer da vida do prefeito um inferno em 2012.

Outros dois nomes que soam forte: José Emídio – Cibrasa e Daniel Costa. Pelas beiradas ainda há pretensos pré-candidatos: Marcelo Pierre – PMDB, Antônio Maria – PT, Aguinaldo [Boca], Jamerson – DEM, Chico Neto – PMDB e Walry Moraes – PMN.

No total geral jogando todo mundo na mesma panela somam aproximadamente 10 pré-candidatos a assumir o trono municipal.

13 comentários:

Anônimo disse...

O Galego falou tanto do Buchacra que esta sendo pior que Ele.

Para de prometer e vai trabalhar, rapaz!

José Carlos

Anônimo disse...

Pega fogo, Cabaré!

Anônimo disse...

Zil, esse não se levanta nunca mais.

Anônimo disse...

Eu bem que falei que esse aí não ia fazer nada, mas ninguém me ouviu, tai, deu no que deu....

Anônimo disse...

Tem qeu tirar o prefeito, o Rubens Júnior e o Edimilson Bezerro, Bezerro mesmo, sabem porque? kkkk

Antonia Maria

Anônimo disse...

Como será o final da administração do prefeito Galego?

Anônimo disse...

Visite Capacity antes que ela se acabe....

Anônimo disse...

Não adianta o Galego fazer pressão, pois dessa panela não sai nada, nem promessa

uauauauauauauauaua!

Sabe, Zil, até acredito que ele consiga fazer os correligionários apoiar seus paraquedistas, como voce mesmo diz, mas na hora de votar e pedir para os outros votarem, pode apostar, será nos outros, menos no candiato do prefeito promessa.

kkkkkkkk

Me superei.....

Anônimo disse...

Se o Alexandre foi o pior prefeito que Capanema já teve, imagine o Eslon que está sendo pior que ele e com o agravante de ser arrogante com o povo.

Landú

Anônimo disse...

E viva a democracia!

Anônimo disse...

Não seria o Galego uma fantasia promovida pelos jovens que não conhecia sua vida pregressa?

Rafaella disse...

As vezes perco alguns minutos do meu precioso tempo para tentar analisar esta administração Eslon Martins, porém minhas tentativas são em vão, nao chego a nenhuma conclusão coerente.Me pergunto, o que Eslon pretendia? Se aproveitar do desespero da população devido o abandono do antigo prefeito Alexandre Buchacra e com isso se apoderar da prefeitura e dos valiosos benefícios financeiros que ela traz para qualquer pessoa que dela se aposse? Me pergunto também, seria uma vingança pelo desprezo que sua familia sofreu? Me pergunto ainda se ele é tão burro ao ponto de querer ficar no poder apenas 4 anos, perdendo assim a possibilidade de reeleição, depois poderia ate indicar a propria esposa pro cargo e assim por diante.Continuo sem concluir absolutamente nada. Alguem poderia me ajudar a comprender melhor?

Rafaella disse...

As vezes perco alguns minutos do meu precioso tempo para tentar analisar esta administração Eslon Martins, porém minhas tentativas são em vão, nao chego a nenhuma conclusão coerente.Me pergunto, o que Eslon pretendia? Se aproveitar do desespero da população devido o abandono do antigo prefeito Alexandre Buchacra e com isso se apoderar da prefeitura e dos valiosos benefícios financeiros que ela traz para qualquer pessoa que dela se aposse? Me pergunto também, seria uma vingança pelo desprezo que sua familia sofreu? Me pergunto ainda se ele é tão burro ao ponto de querer ficar no poder apenas 4 anos, perdendo assim a possibilidade de reeleição, depois poderia ate indicar a propria esposa pro cargo e assim por diante.Continuo sem concluir absolutamente nada. Alguem poderia me ajudar a comprender melhor?