Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

5º Mutirão Parceiras do Peito

O Mutirão Parceiras do Peito chega ao bairro da Terra Firme no próximo sábado (26) com uma meta: ultrapassar a marca de mil mulheres atendidas. O Projeto de Detecção Precoce do Câncer de Mama Parceiras do Peito realizará no bairro exames clínicos e agendamento de mamografias, especialmente para mulheres com idade entre 50 e 69anos.

Este será o 5º Mutirão e o projeto já atendeu 961 mulheres, sendo 634 na faixa de idade de risco. O atendimento do Mutirão será realizado no sábado, na Unidade de Saúde da Família “Parque Amazônia I”, na Terra Firme, de 8h às 16h. Para a coordenadora do Projeto, a ginecologista Waldenize Bezerra, o principal objetivo do Mutirão Parceiras do Peito é levar informação para as mulheres do Distrito D’água, que compreende os bairros da Terra Firme, Cremação, Condor, Guamá, Jurunas e Canudos.

“O nosso maior desafio aqui é informar essas mulheres, não apenas para a realização de um exame, mas também que elas tenham conhecimento de que a partir dos 50 anos todas devem fazer exames periódicos de 2 em 2 anos para a prevenção desse tipo de câncer”, explica Waldenize.

A meta do Projeto é que 14 mil mulheres de 50 a 69 anos façam o exame de mamografia no Distrito D’água em 2 anos. As que tiverem lesões benignas serão tratadas na Santa Casa e as que tiverem diagnóstico de câncer de mama serão encaminhadas para tratamento no Ofir Loyola.

O Projeto de Detecção Precoce do Câncer de Mama Parceiras do Peito é coordenado pela Santa Casa e desenvolvido em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria de Estado de Saúde Pública, Hospital Ofir Loyola (HOL), Universidade Federal do Pará (UFPA) e o Instituto Avon. Obs: A maioria das mulheres que são atendidas pelo Projeto vão pela manhã, então é aconselhável para as equipes de reportagem irem por volta de 9h, quando há mais pacientes para serem entrevistadas.

0 comentários: