Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Lanchas escolares serão entregues a estudantes ribeirinhos

Nesta terça-feira (18), o secretário adjunto de Gestão, Carlos Alberto Leão, visitou a Base Naval da Marinha, no bairro de Val-de-Cães, em Belém, para analisar o projeto e verificar o protótipo das lanchas escolares a serem entregues a estudantes ribeirinhos que precisam se deslocar, pelo rio, de suas residências para a escola.

O secretário se reuniu com o gerente de Construção Naval, José Alfredo de Miranda, que explicou sobre o projeto de construção das lanchas, financiadas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento (FNDE), em parceria com a Base Naval da Marinha, responsável pela construção e acabamento das embarcações, que devem beneficiar cerca de seis mil alunos.

A Marinha já construiu lanchas destinadas à área da saúde, que funcionam como Ambulâncias para resgatar ribeirinhos com problemas de saúde e que precisam se deslocar para a cidade; embarcações da polícia também já foram construídas pela Marinha.

A Empresa Gerencial de Projetos Navais (Egepron) dá o suporte técnico e auxilia na construção das lanchas. A lancha escolar tem capacidade para 20 estudantes, sendo toda equipada para o atendimento a portadores de necessidades especiais. O valor inicial do projeto varia de R$ 150 mil a R$ 200 mil.

O secretário adjunto falou da importância da construção dessas embarcações: "Nós estamos viabilizando o transporte para os ribeirinhos que precisam se deslocar. Existe um grande número de ribeirinhos que precisam ir à escola. Nosso objetivo também é criar condições de acesso a todos. É uma forma de inclusão social", afirmou Carlos Alberto. O governo federal pretende construir 600 lanchas Escolares em todo o Brasil, 300 das quais serão entregues no Pará.


Fonte: Assessoria de imprensa
Autor: Assessoria de imprensa

0 comentários: