Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Inspeção no Pará: atendimento ao público bate recorde no primeiro dia

Nesta terça-feira, 18, a equipe da inspeção da Corregedoria Nacional do Ministério Público no Pará bateu o recorde de atendimento ao público pelo Conselho em inspeções. Foram 80 atendimentos, para trazer queixas, principalmente sobre demora no andamento de processos, e também elogios sobre a atuação do Ministério Público. "Isso para nós é extremamente importante", destaca o corregedor nacional do MP, Sandro Neis. "Há queixas fundadas, mas muitas vezes o MP paga um preço alto por exercer regularmente suas atividades, contrariando interesses poderosos", assinala.

Uma das pessoas recebidas foi o senador José Nery (PSOL-PA). Acompanhado de representantes de diversas entidades da região da Barbarena, o senador entregou uma moção em apoio à atuação do procurador da República Rodrigo Timóteo e do promotor de Justiça Raimundo de Jesus Coelho de Moraes. Os dois respondem a representação da Advocacia Geral da União pela atuação no caso da hidrelétrica de Belo Monte.

Nesta quarta-feira, 19 de maio, a equipe do Conselho Nacional do Ministério Público continua à disposição dos interessados na no auditório do MP Estadual (Rua João Diogo nº 100 - Cidade Velha), das 9h às 12h e das 14h às 17h30. As pessoas são atendidas por ordem de chegada, sempre de forma reservada. Para ter a reclamação, crítica ou elogio registrados pela equipe do CNMP, é preciso apenas levar um documento oficial de identificação, com foto e comprovante de residência. O atendimento ao público prossegue quinta-feira, na sede no Ministério Público Federal (Rua Domingos Marreiros nº 690 – Umarizal).

A inspeção está sendo realizada de 17 a 21 de maio, nas unidades do Ministério Público Federal, Ministério Público Estadual, Ministério Público do Trabalho e Ministério Público Militar no Pará. A equipe de inspetores é composta por 31 pessoas. O Pará é o quinto estado a ser auditado pelo Conselho Nacional do Ministério Público, depois do Piauí, Amazonas, Alagoas e Paraíba.


Autor: Assessoria de imprensa
Autor: Assessoria de imprensa

0 comentários: