Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Governadora entrega patrulha mecanizada em Capanema

A governadora do estado do Pará, Ana Júlia Carepa, entregou, a 10 municípios da região nordeste do estado do Pará, patrulha mecanizada, ontem [15], na Praça da Igreja Matriz. Ana estava acompanhada de diversos deputados estaduais, federais e secretários de estado. O anfitrião da festa foi o prefeito de Capanema, Eslon Aguiar - PR, que articulou para que a cidade fosse o centro das atenções políticas mais uma vez.

Além das máquinas agrícolas, Ana Júlia entregou sementes de feijão caupí para que fosse distribuído aos agricultores da região.

Durante discursos, o deputado Júnior Haje – PR disponibilizou a Capanema R$ 1 milhão [emenda parlamentar] para a construção da Avenida Jarbas Passarinho.

“Eu estou disponibilizando a Capanema R$ 1 milhão para que o prefeito pavimente a Avenida Jarbas Passarinho”, disse Haje.

O deputado, Adamor Ayres, também do partido do prefeito, disponibilizou a Capanema R$ 200 mil em sementes de feijão caupí.

O discurso de Eslon Aguiar – foi o penúltimo da noite.

Fazendo um retrospecto do inicio de governo, Eslon lembrou que recebeu a prefeitura com diversos problemas, entre eles a conta de telefone com débito de R$ 100 mil, além das condições precárias das ambulâncias.

“Eu recebi a prefeitura com os telefones cortados. Havia débitos de mais de R$ 100 mil, sem contar as ambulâncias, em estado precário. E o que é pior. Jogaram terra no motor de uma delas”, relembrou Eslon.

Eslon destacou que as vicinais do município estavam intrafegáveis e que os equipamentos que o governo do estado entregou, será de grande beneficio para a população.

“As vicinais do município estavam intrafegáveis”, destacou o prefeito.

Em rápidas palavras, Eslon disse que mesmo sendo perseguindo de manha, de tarde e de noite, não parou de trabalhar.

“Eu entrego nas mãos de Deus. Que Deus abençoe aqueles que estão me perseguindo. A justiça tem que ser feita por Deus, não é pela força, nem por sangue e nem por violência. Deus é quem tem o controle”.

Jarbas Passarinho

A pavimentação da Avenida Jarbas Passarinho foi o momento mais aguardado do discurso do prefeito Eslon.

Próximo do término do seu pronunciamento, Eslon deixou subtendido que esse assunto [Jarbas Passarinho] virou questão pessoal, e não mais político e que até o final de seu mandato vai entregar a população o que foi prometido em palanque.

“Eu vou entregar a Avenida Jarbas Passarinho a população. Antes de terminar o meu mandato entregarei”, prometeu Eslon.

Deselegante

Já circulava nos bastidores, que o prefeito Eslon iria comentar em público a pavimentação da Avenida Jarbas Passarinho e que iria fazer um jogo político com a governadora Ana Júlia – PT. E não deu outra.

Eslon cobrou do estado [direito seu] o apoio na construção da tão sonhada obra.

Mas, o que ninguém esperava, era que a governadora cometesse a deselegância em se esquivar do assunto atribuindo a responsabilidade [construção] para os deputados estaduais.

Ana Júlia deixou claro que o governo só ajudará na obra se os parlamentares aprovarem o empréstimo de R$ 366 milhões, junto ao BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

“A construção da Avenida Jarbas Passarinho só terá ajuda do estado se os deputados aprovarem o empréstimo de R$ 366 milhões, caso contrário não ajudarei”, disse a Ana Júlia.

As declarações da governadora, não só constrangeu o prefeito, mas boa parte dos presentes que assistiram atônitos suas declarações.

Na realidade, ficou deselegante a festa da entrega da patrulha mecanizada aos 10 municípios da região nordeste, com a pressão política que o governo vem dando aos deputados estaduais para que aprovem o empréstimo.

Segundo o deputado Carlos Bordalo – PT “O empréstimo será votado na terça-feira [18] e tem tudo para ser aprovado”, declarou.

Outra deselegância que Ana Júlia e o anfitrião da festa cometeram, foi não comunicar as autoridades presentes, que a patrulha mecanizada foi uma “Moção ‘82/2010’ do deputado estadual Eduardo Costa – PT”.

Confira e entrevista na integra do prefeito Eslon.



Fonte: Jornalismo Político
Autor: Jornalismo Político

6 comentários:

Anônimo disse...

Bom texto!

Anônimo disse...

Prefeito, você foi vaidado, pois o Zildene não disse no texto, mas na Band ouvimos.

Anônimo disse...

Eita prefeito de sorte, esse não foi criticado, ein!
Mas foi vaiado, isso tenho certeza.

Sônia Cristina dos Santos

Anônimo disse...

Era uma vez o Gelego!

Anônimo disse...

E a vaia, Zildene, porque você não falou?

Anônimo disse...

Parabéns, Elson pelo trabalho que vem fazendo a frente da prefeitura.