Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Parabéns pelas Bodas de Ouro

Mensagem de seus sobrinhos

Para todos nós, sobrinhos, é motivo de intensa alegria comemorar juntos, as Bodas de Ouro dos nossos queridos e amados TIOS DECA e ROSILDA. São 50 anos de casados. De uma união abençoada por DEUS. De dificuldades, problemas, de renuncias, de dedicação, tristezas, superação, alegrias, felicidades, e de um verdadeiro amor. Nós, que fazemos parte direto dessa linhagem, descendente de famílias irmanadas, de criação parecida e próxima. De mesmos genes e mesmo sangue. Sentimo-nos honrados, privilegiados pela conquista alcançada, pelo exemplo de vida e por linda comemoração. Os amigos e povo de Capanema, certamente devem se sentir honrado, e comemoram juntos esses 50 anos de um lindo casamento, desses filhos ilustres.

Tudo começou quando o nosso DEUS todo poderoso, abençoou e permitiu que seus filhos: Severiano Barbosa e Laura Barbosa gerassem a Tia Rosilda e Francisco Febrônio e Maria Basílica gerassem o filho Deca Freitas, que um dia se conheceram, se apaixonaram, noivaram e se casaram na cidade de Capanema. Ele, Deca Freitas, legítimos representante da família dos Febrônios, da família Freitas pioneira em Capanema e de origem no nordeste. Cresceu na 5º travessa do ramal de Salinas. Ajudou os pais na lida do gado e nas atividades diárias da fazenda. Homem simples, correto, honesto, dedicado e trabalhador, logo cedo, veio trabalhar no comércio da família e foi como caminhoneiro, no comércio de gêneros alimentícios e malva, que conseguiu comprar seu sonhado caminhão Mercedes Benz 1113 vermelho e depois o 1115 azul e foi como as dificuldades, que trabalhando intensamente, horas, dias, meses e anos que se firmou no comércio e na praça que ele gostava de fazer e fazia por precisão, mais sempre fez com amor ao longo do trecho Capanema Gurupi na BR 316. Tantos anos no caminhão lhe causaram um trauma no joelho. Os filhos Zequinha, Jair e Jailson ainda ralaram vários anos ajudando o Pai. Lembra a Cristina que sente muito orgulho do tio, e a tem como um ídolo.

“Vejo no Tio Deca um grande exemplo de vida, Ele era e é a nossa alegria. Quanto nos divertia e fazia rir. Lembro das nossas viagens e passeios com a Joyce na boleia do caminhão. Lembro dos passeios tradicionais, nos domingo para o rio caeté, ia quase toda família, os tios os primos que saudade” E foi no caminhão dele, que comemoramos pelas ruas da cidade, a vitória na Copa do Mundo de futebol de 1970, no México. Eu já me lembro do arraial, da barraca da santa, dos leilões aonde seu Deca anualmente participava e abrilhantava com sua alegria com os filhos e os sobrinhos.

A tia Rosilda, representante das famílias dos Barbosa, filha de Severiano Henrique Barbosa ( Vovô Beija )e de Raimunda Barbosa ( Mãezinha Laura), Nasceu também na cidade de Capanema, onde estudou e logo cedo começou a trabalhar e ajudar a família nas atividades domésticas. Depois de casados vieram os filhos, Joyce, Zequinha, Jair, Jailson, Jaqueline e Jean. Filhos maravilhosos, simples, honestos, honrados.

Absorveram grandes ensinamentos e experiências de vida dos pais. Já são orgulho dos pais e patrimônios da família. As dificuldades para dar sustento a todos era difícil. Para resolver esses problemas, só trabalhando muito. E a cada tia isso ia sendo superando. Rosilda de costureira passa a vender confecção, trazendo com muita dificuldade as sacolas de compras de Belém, que inicialmente pegava com sua irmã Risomar. Muitas vezes, de carona nos caminhões, e de ônibus. Se firmou e colocou um ponto de venda que a cada dia crescia e expandia seus negócio. Foi como ajudou ao marido no sustento da família e aos filhos estudarem e a ir morar na capital. No começo, foram morar com tia Risomar e com muita dificuldades compraram uma casa em Belém no bairro do Jurunas. Lá moravam os filhos mais velhos que estudaram e se formaram e ainda os sobrinhos que eles sempre receberem e cederam espaço para morar. Aí me lembro que éramos tratados como filhos eu o Waltinho, Hamilton, a Preta, Aldilene. E fui testemunha ocular da dedicação, do esforço, do amor dos nossos tios para dar o melhor para os filhos e para todos que estavam próximos. Nunca reclamaram, nunca desistiram, nunca brigaram e nem desrespeitaram ninguém. Com dificuldade não faltou o pão de cada dia na nossa mesa. E o que era de um, era de todos. Toda semana, Titia chegava com as compras e o dinheirinho das despesas da casa, dos estudos dos filos e da semana. Imaginem quantas viagens. Ela mesmo fez nesse trecho Capanema-Belém, naquela época que tudo era difícil, não tinha taxi, ia de caminhão, de ônibus. Mais sempre tiravam um tempo pro lazer e pros passeios e ai se divertiam muito com a família. E ainda sobrou aquele tempinho especial pro jogo de cartas a famosa canastra real, que jogava até altas horas com companhia agradáveis dos filhos, irmãs, cunhados, amigos. Lá não pode faltar a pupunha, o milho cozido, a pamonha e o cafezinho.

Venceu na vida, mulher de fibra mulher de guerreira. E depois de muito trabalho, veio à prosperidade, com os pés no chão, comprou os terrenos que era de herança, indenizaram os herdeiros, venderam os caminhões e montaram 3 lojas de peças, aonde hoje funciona a Brasil Diesel, do Jair, a Loja Autopeças Brasil do Jailson, Loja....do Jean, Jaqueline formou-se em Educação Física e trabalha com a mãe, e Joicilene tem vários cursos e seu empreendimento comercial em São Luiz- MA. Rosilda hoje tem uma das melhores boutiques da cidade e uma família de causar inveja. Uma linda família. Uma família Abençoada. Por isso o nosso orgulho.

Uma coisa todos os sobrinhos são unânimes em dizer: “Eles sempre trataram a todos os sobrinho de maneira igual, tanto para os filhos da família Barbosa quando os filhos da família Freitas. As palavras carinhosas foram para todos, os conselhos, os exemplos, o amor foi dividido de forma igual , o espaço em seus coração foi divido proporcionalmente.

Mais suas Bodas de Ouro foi comemorado com muito estilo, com muita simplicidade, beleza e alegria. Na sexta foi realizada a missa em ação de graça com a presença das duas famílias dos Filhos, Noras Genros, irmãos, sobrinhos e netos e muitos amigos. No outro dia, sábado recepcionaram a todos com um lindo jantar festivo e vários depoimentos dos familiares. Em seu agradecimento final, Tia Rosilda disse. “ Nós estamos muito feliz com tudo e com todos e que a alegria dela seria certamente melhor se estivessem ainda ali presente, seus entes queridos. Mãe, Pai, Sogros, Cunhados João, Quito, Antonio, a Cunhada Tereza, os compadres Armando e Ramiro, o filho Zequinha, os sobrinhos Paulo Ramiro, Edja e Audilêne. Mais sabia que de onde Eles estivessem, estariam vendo e participando daquele momento de alegria daquela comemoração. Daquela felicidade.

Nossa família é muito grande; fica muito difícil de relacionar aqui todas as emoções, os fatos as experiências e as histórias que viveram ao longo desses 50 anos de casados Rosilda e Deca. Mais sabemos que são um exemplo de vida e Amor. Amor eterno
Daqui a nossa mensagem simples de todos os seus sobrinhos que sempre lhe amaram e reconhecem a importância de vocês nas nossas vidas.

QUE DEUS DERRAME CHUVA DE BENÇÃOS A TODOS NÓS, ESPECIALMENTE EM VOCÊS TIO DECA E TIA ROSILDA

Armando Junior, Álvaro, Alberto,Cristina, André e Airton.
Armando e Tereza in memória

Poema para DECA FREITAS e ROSILDA BARBOSA

Assim Deus poderia falar a esse lindo casal DECA E ROSILDA que completa suas bodas de ouro:
vocês são meus queridos.
Um dia vocês nasceram.
Tiveram sonhos
Eu mesmo os criei.
Coloquei dentro de vocês essa vontade de se amarem.
Coloquei em seus corpos germes de vida.

O Amor se misturou a com a fecundidade
e vocês geraram filhos e os filhos de vocês lhes deram netos.
E a vida passou.
Acompanhei passo a passo a história de vocês.
Estive presente no momento do sim.
Minha força esteve atuante no momento das dificuldades duras da vida.

Vi que vocês se associaram à cruz de meu Filho
em muitos momentos e vocês perceberam
que a cruz foi geradora da paz e de energias novas.

Vi o exemplo que vocês deram ao mundo que os cercava.
Estive presente no meio de vocês quando golpes duros
pareciam fazer estremecer a casa de vocês.

Mas tudo estava fundado na rocha firme e a casa não caiu.
Hoje recebo o coração de vocês nesse instante das bodas de ouro.
Vocês são um sinal claro de mim mesmo no meio do mundo.
Vocês viveram o amor e minha casa é a casa do amor.

Beto Freitas: 29/03/2010
Sobrinho e filho

0 comentários: