Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

MPF quer a realização em Altamira do concurso para Instituto de Educação

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA) lançou concurso com vagas para professores em Altamira mas determinou que as provas serão feitas a 920 quilômetros de distância do município, em Belém. O Ministério Público Federal (MPF) recebeu reclamações dos candidatos e enviou recomendação ao IFPA para que seja providenciada a aplicação das provas também em Altamira.

O IFPA tem dez dias para atender o pedido do procurador da República Bruno Alexandre Gütschow. O prazo começa a contar a partir do recebimento da recomendação, que foi enviada ao instituto na última sexta-feira, 9 de abril. Caso a recomendação não seja atendida, o MPF poderá entrar na Justiça contra o IFPA.

Gütschow também solicitou ao instituto que permita aos candidatos já inscritos no concurso a possibilidade de alterarem o local de prova já escolhido (além de Belém, as provas estão previstas para serem realizadas em Abaetetuba, Bragança, Breves, Castanhal, Conceição do Araguaia, Itaituba, Marabá, Santarém e Tucuruí).

Outro pedido feito pelo MPF ao reitor do IFPA, Edson Ary Fontes, é que seja dada ampla divulgação à inclusão de Altamira como local de provas. No total, o concurso oferece 139 vagas para os cargos de professor do ensino básico, técnico e tecnológico. Dessas, 13 vagas são para Altamira, para as seguintes áreas de conhecimento: recursos naturais, infraestrutura, informática, artes, letras e hospitalidade e lazer. As inscrições foram abertas no último dia 8 e vão até 5 de maio.


Fonte: Assessoria de Imprensa
Autor: Assessoria de Imprensa


0 comentários: