Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Governadora e Jica assinam documento de negociação de empréstimo

Nesta quarta-feira (10), a partir de 14h, a governadora Ana Júlia Carepa e representantes da Agência Internacional do Japão (Jica) assinam termo de compromisso de discussão, que integra as negociações para o empréstimo de R$ 320 milhões previstos para implantação do Sistema Integrado de Transporte Metropolitano e construção de corredores exclusivos para a circulação de veículos coletivos.

Segundo o coordenador de Planejamento do projeto Ação Metrópole, o arquiteto e urbanista Paulo Ribeiro, a assinatura do documento integra o protocolo do processo de negociação do empréstimo, solicitado pelo governo estadual. Conforme Ribeiro, a expectativa é que as negociações sejam concluídas em agosto deste ano.

O empréstimo foi autorizado no fim do ano passado pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, após a análise da carta-consulta.

O projeto, executado pelo governo do Estado, é uma das maiores intervenções na Região Metropolitana de Belém. O Ação Metrópole implantará o sistema integrado de transporte e um novo modelo de gestão compartilhada entre os representantes do Estado e dos cinco municípios: Belém, Ananindeua, Marituba, Benevides e Santa Bárbara do Pará. Mais de 2 milhões de pessoas serão beneficiadas.

A primeira etapa, já iniciada com as obras de infraestrutura, dará condições para o desenvolvimento da segunda. O projeto já está em andamento, com a execução do chamado "Corredor Norte", que compreende o prolongamento da Avenida Independência, a revitalização da Rodovia Arthur Bernardes, construção do Elevado na Avenida Júlio César e as obras de compensação ambiental no Parque Ambiental de Belém. Na primeira fase também estão previstos o prolongamento da Avenida João Paulo II até a BR-316, a construção de um túnel que ligará a Avenida Perimetral à Almirante Barroso e a duplicação da Avenida Perimetral.

Para a segunda etapa estão previstas a implantação de corredores exclusivos para o transporte coletivo ao longo da BR-316, Almirante Barroso e Augusto Montenegro, estações (Mangueirão, Águas Lindas e Tapanã) e terminais de integração (Marituba e Icoaraci). O sistema funcionará com o tráfego de ônibus articulados, com capacidade para 200 passageiros, garantindo a bilhetagem única para os usuários que necessitarem de mais de uma condução para chegar até o seu destino.

0 comentários: