Siga nosso blog!

Segudores do Google +

Amigos do Facebook

--=

Pará Notícias

Um novo conceito

Tucumã- Júri condena enfermeiro que matou namorada

Em Tucumã, o Ministério Público atuou no Tribunal do Juri, por meio do promotor de justiça Januário Constâncio Dias Neto. O juri condenou o enfermeiro Aguilho Michel Calson, que matou a namorada com aplicação de uma injeção letal na veia e depois ocultou o cadáver, achado seis dias depois.

A sessão foi presidida pelo juiz Edvaldo Saldanha Sousa. O MP sustentou a tese de homicídio duplamente qualificado. A população lotou o plenário, pois na época o crime, ocorrido há cinco anos, revoltou a cidade.

Apesar do esforço da defesa para provar que não houve intenção de matar, mas sim de praticar um aborto na jovem vítima, ficou provada a tese da acusação, de homicídio qualificado, para satisfação da sociedade de Tucumã.


Fonte: MPE
Autor: MPE

0 comentários: